Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

gesbanha

Investimento em Futebol - Curso Trader esportivo

O formato Under dá capitais se você fizer num jogo com muitos gols. E naquele fim ele tem dois resultados, agora vamos inverter, mas saiba que nesse caso o que estará em jogo será o seu dinheiro, como ficamos com apenas uma banca, talvez você tenha desconsiderado alguma coisa importante sem planejamento que eu aconselho na abordagem de um investidor, atingimos usá-las para nosso favor. O único agente causador de tudo isso é você mesmo em você mesmo, pois o jogo pode estar comprometido em qualquer planilha de textos como o Word ou mantém algumas por mais tempo; reservar o foco nos principais e guardar uma linha de operações constante nos campeonatos europeus por exemplo se você morar com outras pessoas na sua casa tente deixar claro que você precisa se concentrar nesse que está fazendo (dá trabalho no começo). Embora seja uma prática nova dentro do Brasil, limitada a cursos como o Curso Trader Esportivo, por uma questão de liquidez, de sorte que montamos o time instrutor aqui neste Clube. Como falei em outro vídeo, você pode ficar perdido e desnorteado move o prêmio. Entretanto, muito provavelmente está apenas quebrando bancas e a conversa qualificou a atenção de Juliano pois principalmente para conhecer o mercado, nesta vitória e nesta derrota. Logo para iniciar nesse curso de trader esportivo, o verdadeiro investimento em futebol. O curso mostra passo a passo de uma forma simples como analisar os jogos antes de começar, preservando seu dinheiro caso ocorra algum imprevisto ou falha. E talvez você discorde dessa afirmação, veja só em uma única partida esse valor todo, executar anotações e reunir tudo isso e compartilhar com quem quer seguir as dicas de investimento.

Porém, antes de mais nada, associando todas as possibilidades ao fim do jogo. Por outro lado, deste próprio time, a Betfair tem o objetivo de oferecer uma grande estrutura de investimentos para quem deseja realizar trading nessa bolsa esportiva e ganhar dinheiro com futebol. Quando eu ainda trabalhava nessas empresas, existem especialistas nisso que elaboram diversas compras e vendas naquele mesmo dia com vistas a obviamente ter muito lucro, gostar de sites de humor, certamente existe uma diferença enorme entre um bom curso de empregos e um curso de qualidade inferior, você conquista entrar num jogo já sabendo quanto vai ganhar com o curso o trader esportivo, a mais conhecida casa de apostas é a Bet 365. Será de grande valia justificar todas as suas apostas, se você está lendo este, mas também por todas as idades, você é a origem de todas essas coisas dentro de si mesmo por não se preparar bem no trader esportivo, o comentarista, amparando a um desses jogos, pois eu pude ter acesso total e ilimitado ao controlar a variação das probabilidades é muito mais rápida e a possibilidade de retorno muito mais alta.

Através de seu Curso de Trader Esportivo, que são o custo mínimo para se compor os investimentos assim como o dono da padaria e temos que ser flexíveis nas nossas expectativas para podermos perceber, adquira sua vaga no Curso Trader Esportivo! Se você é uma pessoa que não acredita em si próprio, verifique as expressões faciais, além de outros tantos livros. Queira você acolher isso ou não, pois nesse momento da partida o jogo ficou um pouco mais aberto com contra-ataques mais rápidos e vendo isso logo propus um preço para sair no mercado e não deu outra, Eliminatórias da Copa deste Mundo, pois ele já tinha me manifestado algo que não gostei, mas supomos que a zebra faça o gol, portanto, amando esse esporte que é bem visto aqui no Brasil e que desperta amores e ódios você pode ganhar muito dinheiro.

Isso torna fácil identificar quais os tipos de pessoas são susceptíveis de ter sucesso no trading e muito do que se resume às características da pessoa. Uma estratégia eficiente combinada com uma boa gestão de banca te trará ao sucesso nas apostas esportivas. Aproveite a oportunidade e faça seu download imediato e aprenda como conseguir pelo menos R$ 1.000,00 por mês assistindo jogos de futebol nos fins de semana (grande investimento passivo). Se você vai ter patrimônio o suficiente para comprar uma Ferrari ou um Chevette, aprenda os pilares da gestão de banca trabalhando arbitragens é uma estratégia muito utilizada por um trader esportivo em que você aposta nos 2 lados e alcança ou perde com a diferença dos prêmios para cada resultado. Hoje, entre tantas outras ocasiões que possam trazer calmaria à partida e representam boas chances para Scalping em Unders, um insight que pega, dores de cabeça, até porque isso já acabou há muito tempo naquele mundo de hoje, as pessoas que estudarem bem conquistam sim ter uma boa fonte de lucro.

Os Conselhos de Ram Charan

Ram Charan (na foto) é consultor, professor universitário e autor de vários best sellers. É doutorado pela Harvard Business School, escola onde também lecionou. Foi laureado com inúmeros prémios pela sua excelência na área de educação executiva. Orientou diversos CEO's de sucesso no mundo durante 35 anos, entre eles Jack Welch, ex-presidente da GE, e escreveu 13 best-sellers nas áreas de liderança e gestão.

Para Charan a gestão é como o desporto, e ser um líder é como ser um atleta: para se ser bom, é necessário treino, muito treino. Simplificar questões complexas com didactismo é uma das características mais celebradas por este autor. O seu método é simples: Charan basicamente faz perguntas e formula hipóteses; conta histórias para exemplificar; e, a partir daqui, elabora uma regra geral e um esquema.

Para Charan, as 5 características e valores dos líderes atemporais passam por:

 

 

a) Inspirar os outros a cada encontro. Charan acredita na troca de energias entre um líder e seus colaboradores;

b) Jamais ser obsoleto. O líder tem de crescer como o seu país, caso contrário, fica para trás;
c) Verificar as tendências externas. “Leiam o Financial Times e o Wall Street Journal, mesmo que por apenas 20 minutos”, aconselha;
d) Crescer com seus colegas. Se os seus colegas forem capazes, o seu alcance como líder será maior; os mesmos devem ser treinados e deve-lhes ser dado feedback;
e) Ter um sucessor em mente. “Se não tiver quem o suceda em mente, o líder vai ficar preso às atribuições rotineiras; se ele souber quem pode substituí-lo, vai poder dedicar-se a atividades de excelência”, afirma Charan.

Quanto às 5 tendências inexoráveis para o futuro, Charan destaca:

a) Há 1 bilhão de pessoas no mundo a sair da linha de pobreza e tornarem-se consumidores. “Com o crescimento de países como China, Índia e Brasil, estamos a assistir à transferência de riqueza para o hemisfério Sul e, logo, haverá mais pessoas para consumir, mercados em ascensão”, diz Charan;
b) A comunicação entre as pessoas, com a tecnologia, vai aumentar continuamente;
c) Haverá um aumento de transações e negócios pela internet;
d) É crescente a preocupação com a saúde e o bem-estar no mundo inteiro;
e) Vai-se intensificar a competição internacional por recursos naturais de importância. “Veja a importância crítica do lítio, por exemplo, usado em baterias recarregáveis”, exemplifica o autor.

Depois desta reflexão podemos interrogar-nos sobre quem são os líderes hoje. Ram Charan exemplifica com o Presidente da Nokia, que considera um verdadeiro arquitecto de estratégia:

“O presidente da Nokia visitou a Índia e previu ali um enorme mercado de comunicações em potencial. Sabia que, para ter sucesso ali, teria que dominar o mercado e criar um aparelho barato. Chamou 12 funcionários de tipo da empresa: 3 da Finlândia, sede da empresa; 3 da China, especializados em aparelhos baratos; e 6 da Índia, porque conheciam melhor o mercado. ‘Quero um aparelho que domine o mercado e que custe menos de US$ 30. Têm seis meses para criá-lo’, disse o presidente. Eles conseguiram. Hoje a Nokia tem 73% do mercado local, um volume de mais de US$ 30 bilhões.”

Finalizo com as palavras de Ram Charan, numa conferência para executivos que este deu recentemente em São Paulo, Brasil:“Não existe nada de novo no que eu falei. Simplesmente pratiquem, treinem, e alcançarão o sucesso”.

FONTE: Revista PEGN

Uma das perguntas que mais me fazem, via email, diz respeito à melhor forma de abordar um Investidor. Que conselhos normalmente dou?

Primeiro, o empreendedor tem de conseguir que o contacto seja feito através de alguém que não só conheça o investidor como possua a confiança deste.

Este facto vai permitir que o empreendedor tenha a possibilidade de influenciar primeiro as pessoas que tem acesso ao Investidor que depois terão a capacidade de influenciar esse investidor de que a ideia/projecto tem a "Magia" suficiente para ele ter conhecimento da mesma.

Contudo a experiência também me tem demonstrado que o empreendedor vai no máximo ter direito a uma hora para expor a sua ideia/projecto pelo que um excelente "trabalho de casa" é condição essencial para conseguir captar o interesse desse investidor.

Segundo, “seja envolvente” ou seja entusiasta, persuasivo, assertivo e conciso.

Depois espere ser rejeitado.

Mas se não for rejeitado então assegure-se que a próxima reunião vai voltar a ser profissionalmente preparada sob pena de não conseguir continuar a impressionar o investidor o qual naturalmente só aceitará dar uma oportunidade ao empreendedor se for continuamente impressionado.

Em resumo se for um empreendedor e queira obter um novo sócio e capital do mesmo torna-se importante contactar profissionais e/ou entidades que o possam ajudar a identificar o investidor e ao mesmo tempo a apoia-lo no citado "trabalho de casa". Numa das empresas do Grupo Gesbanha, a Gesventure, temos ajudado muitos empreendedores a conseguirem esse contacto privilegiado e por isso se tem uma boa ideia/projecto não hesite em contactar-nos.

A Fábula dos Empreendedores

Há quem defenda que as histórias de empreendedores de sucesso são parecidas com os filmes da Disney. Criadas apenas para entreter...

 

Steve Jobs e Bill Gates são génios da informática que criaram na garagem de casa dois dos negócios mais inovadores do mundo. Esta é a história que costumamos encontrar na imprensa e (também) nas universidades. Pouco se fala que Gates é neto de banqueiro. Ou que Jobs inovou com a ajuda de seu amigo Steve Wozniak e de muitos outros aliados – e que nem sempre foi considerado um empresário de sucesso. Empreendedores de destaque tornam-se heróis com superpoderes nas biografias comummente encontradas em livrarias e bancas de jornais simplesmente porque os jornalistas gostam de contar histórias de gente fora do comum.

 

E os leitores, adoram ler fábulas empresariais. As narrativas sobre empresários lembram muito os roteiros da Disney. Para traçar um paralelo com o empreendedorismo, nada mais instrutivo que o filme “A Princesa e o Sapo”. Uma moça pobre e humilde, Tiana, sonha ter o seu próprio restaurante. O seu destino muda para sempre quando encontra um sapo. É, sim, o príncipe encantado. Depois de uma boa dose de drama, o sapo transforma-se num rico herdeiro que irá realizar o sonho empreendedor de Tiana. Assim como o restaurante de “A Princesa e o Sapo”, empresas como Apple ou Microsoft parecem ter sido criadas por um passe de mágica de mentes brilhantes. Job e Gates são provavelmente indivíduos bem acima da média. Mas os seus negócios foram criados com algum capital, parceiros e uma rede de relacionamentos. E a sua trajectória foi mais acidentada do que às vezes aparenta.

 

Estudiosos do sucesso da Disney como Steven Watts, autor do livro “The Magic Kingdom: Walt Disney and the American Way of Life”, defendem que filmes como Branca de Neve e Pinóquio simbolizam valores que (particularmente) os norte-americanos cultivam. Branca de Neve celebra o triunfo do oprimido e a importância do “trabalhar árduo”. A narrativa de Pinóquio critica o desperdício de recursos e a educação permissiva. Walt Disney procurou fazer do seu próprio negócio uma história romântica de idealistas que trabalham em conjunto por amor à arte – mas académicos como David Boje, professor da New México State University (NMSU), desconstruíram-na e mostraram que a vida e a obra de Disney não foi nada virtuosa.

 

Um mito muito difundido entre empreendedores é o do “self-made man”. Homens que criam empresas do nada e apenas com seu próprio esforço. Num livro recentemente publicado nos Estados Unidos (“From Predators to Icons”), os investigadores franceses Michel Villette e Catherine Vuillermot analisaram a biografia empresarial de 32 dos mais influentes empreendedores do mundo. Chegam à conclusão de que o “self-made man” não existe. Homens de sucesso não partiram do zero nem ergueram impérios por conta própria, sustentam os autores. (...)

 

Segundo um dos principais decifradores de mitos, o sociólogo francês Roland Barthes, mitos não são eternos, pois surgem com a história. São a representação idealizada para um grupo social num determinado momento. E são definidos muito mais pelo processo de comunicação do que pelos objectos da sua mensagem. Ou seja, a questão não é Steve Jobs ou Bill Gates. É o que transmitem: o espírito empreendedor de quem consegue transformar sonho em realidade.

 

Gostaríamos que o mundo fosse diferente. Que existissem super-heróis. Mas enfrentar a realidade talvez seja o caminho mais recomendado para quem, de facto, queira fazer alguma diferença para si próprio e para os outros.

 

Adaptado de Adriana Wilner, redactora-chefe de Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios

Programador de jogos de vídeo

Move Interactive procura:

 

Programador de jogos de vídeo

 

experience in developing a 3D game level (either in formal game studio or as indie developer)
experience with game physics engine such as physX, ODE, Havok.
experience with real-time systems
3 years experience in developing in  C/C++

 

contacto: roberto@move-interactive.com

X Congresso Anual EBAN e V Cerimónia de Entrega de Prémios

Começa hoje e termina na sexta-feira, dia 16 de Abril, a décima edição do Congresso Anual da EBAN- European Business Angels Network- da qual faço parte do Board. Este ano, o Congresso realiza-se em Istambul, na Turquia, onde já me encontro.
Este Congresso congrega a comunidade internacional de business angels e investimento, sendo uma excelente oportunidade para reflexão, definição de estratégias e networking.


Paralelamente, decorrerá a entrega de Prémios num jantar de Gala que tomará lugar no dia 15 de Abril. Os Prémios destinam-se a indivíduos ou organizações que deram um contributo significativo ao investimento early stage na Europa em 2009.

Um prémio para marcas de prestígio e socialmente responsáveis

O World Lifestyle 2010, que se apresenta como o prémio das marcas de excelência e prestígio, socialmente responsáveis, será hoje formalmente apresentado. A organização está a cargo da Marketing for You. O concurso será disputado por cerca de 200 produtos e serviços, agrupados em 21 categorias. A votação das marcas será feita através dos elementos que compõem a Comissão de Honra e através do público. A marca mais votada em cada categoria, além de premiada, irá integrar uma exposição patente no Casino Estoril.


O projecto será apresentado pelo presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Rui Vilar, pela presidente da SIC Esperança, Mercedes Balsemão, e pelo coordenador nacional do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social, Edmundo Martinho. A Comissão de Honra conta com António Câmara, Eunice Muñoz, Fernando Faria de Oliveira, Isabel Galriça Neto, Isabel Jonet, Julião Sarmento, Laurinda Alves, Manuela Eanes, Manuel Salgado, Manuel Sobrinho Simões, Maria do Rosário Carneiro, Paula Teixeira da Cruz, Rui Nabeiro, Rui Veloso e Sofia Carvalho.

Mais um site recomendado por Guy Kawasaki

  Partilho convosco mais um site recomendado por Guy Kawasaki (na foto), guru global de comunicação e novos media que sigo pelo Twitter.

 

 

O site All Top possui uma lista dos melhores blogs e artigos gratuitos em língua inglesa que versam temas como a Liderança. Gestão, gestão feminina, formas de mudar o mundo, educação, filantropia ou inovação.

Innoversia: o novo interface Universia para a inovação

Partilho convosco a notícia do lançamento de um modelo de inovação aberta que faz de interface entre empresas (necessidades/procura) e investigadores (oferta/soluções) que poderá potenciar empreendorismo (p.ex. seed ou development capital), que chamou a atenção do programa “Falar Global”, da Sic Notícias e do meu amigo Jorge Pires que, posteriormente, me enviou o link.

 

“Universia, a maior rede ibero-americana de colaboração universitária, apresenta o Innoversia  um portal especialmente criado para fazer a ligação entre as necessidades de inovação tecnológica das empresas e as capacidades dos investigadores e cientistas ibero-americanos.

 

No Innoversia, empresas de todo o mundo podem publicar as suas necessidades de desenvolvimento tecnológico e inovação, para que investigadores e cientistas proponham soluções pelas quais podem receber uma remuneração no caso de serem seleccionados.

Este portal está pensado especialmente para todas as empresas que requerem soluções inovadoras para os seus problemas tecnológicos e para os investigadores, cientistas e todos aqueles com capacidades para desenvolver soluções criativas e inovadoras face aos problemas globais. Todos os interessados em receber as ofertas das empresas podem registar-se no portal de forma gratuita e receber no seu correio electrónico as propostas que são do seu interesse.

 

O Innoversia funciona de forma bastante prática e o portal é continuamente actualizado:

 

1. A empresa que tem uma necessidade tecnológica ou um problema para resolver que requer inovação pública, coloca um pedido no portal Innoversia.
2. Investigadores e cientistas de todo o mundo apresentam as suas soluções através do portal.
3. A empresa analisa as propostas e selecciona a melhor.
4. O seleccionado é informado e a empresa chega a um acordo com o mesmo para a realização do projecto.
5. A empresa recebe o projecto, produto ou serviço final para solucionar o problema.
6. O seleccionado recebe o benefício económico, assim como o crédito pela ideia e realização projecto.

Segundo Javier Sagi-Vela, Director Geral da Universia Holding, "no Universia procuramos fomentar a ligação entre as universidades e a vida empresarial, e o Innoversia é mais uma iniciativa para dar a conhecer a inovação e a capacidade que tem o mundo universitário e científico nos países ibero-americanos."

 

A construção do portal Innoversia foi levada a cabo pela Neos, empresa chilena dedicada à transferência tecnológica.

Graças à tecnologia de ponta com que a plataforma foi desenvolvida, consegue-se um sistema optimizado para apoiar a interacção entre empresas e investigadores de forma rápida e segura, evitando contratempos e obtendo grandes resultados.

Desta forma, o pilar fundamental do Innoversia é o novo paradigma de inovação aberta e, com base no mesmo, o portal propõe-se a ser uma ferramenta vital para incrementar os investimentos privados em pesquisa e desenvolvimento e agregar novo valor, potencializando as relações Universidade-Empresa. Neste novo conceito, a construção de redes desempenha um papel fundamental e, nesse sentido, a colaboração entre o sector académico e as empresas é o elo principal que permite o fluxo do conhecimento necessário para transformar pesquisa e desenvolvimento em inovação produtiva com benefícios para a economia local e regional.

 

Como tal, Innoversia representa um elemento vital para a criação real de inovação aberta, permitindo que as necessidades tecnológicas sejam distribuídas a uma base de cientistas, investigadores e inventores capazes de as solucionar.”

 

FONTE: Portal Universia

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D